Tradução do relatório "Chonin de Cima:

A rural community in Minas Gerais, Brazil.  


      (Em revisão com intuito de publicação do mesmo, no formato de um livro com apresentação comentada. Este relatório se constitui em material singular e de grande importância para futuras pesquisas que tenham por finalidade estudar longitudinalmente  as alterações num ambiente cultural. Por essa razão  pode ser considerado uma obra de referência para os estudos e pesquisas realizados a partir do mestrado em Gestão Integrada do Território. Seguem as informações:

       Kalervo Oberg (1901-1973) foi um antropólogo canadense com cidadania norteamericana, de antepassados finlandeses, que esteve no Brasil desenvolvendo atividades relacionadas à cooperação Norteamericana para os países da América Latina no pós-guerra. É conhecido nos meios antropológicos pela sua reflexão sobre o choque cultural que ainda hoje merece atenção.Dentre os seus diversos trabalhos acadêmicos,
temos especialmente dois que podem ser colocados dentro daquela onda dos estudos de antropologia ou da etnologia, dos anos 1940 e 1950, a que se convencionou chamar de estudos de comunidades. Os estudos referem-se à então vila de Toledo nas matas do oeste do Paraná e Chonim de Cima, um patrimônio e seus arredores no sertão do rio Doce, em Minas Gerais.

     Entre 1951-1952 Chonin de Cima esteve no centro das preocupações de um projeto de desenvolvimento comunitário, e foi por ocasião da efetivação deste projeto que o autor organizou o material coletado num relatório com as seguintes referências: OBERG, Chonim de Cima: A Rural Community in Minas Gerais, Brazil. Rio de Janeiro: USOM/Brazil, 1958.


A obra encontra-se na Library of Congress (LC Control No.: 58034315 -
http://catalog.loc.gov/cgi-bin/Pwebrecon.cgi?DB=local&BBID=6541268&v3=1).